Legista é presa com órgãos humanos dentro do carro

CURITIBA ¿ Na noite desta quinta-feira (17), uma legista do Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba foi presa portando órgãos humanos dentro do porta-malas de seu carro. Quando deixava o local de trabalho, a acusada foi abordada por policiais militares, que encontraram três corações e vísceras no veículo.

Redação |

A médica, cujo nome não foi divulgado, está presa no Centro de Operações Policiais (COP) de Curitiba. Segundo a Polícia Civil, a legista afirmou em depoimento que usava os órgãos para fins pedagógicos.

O IML de Curitiba está sob investigação militar desde o começo do ano.

    Leia tudo sobre: imlrouboórgãos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG