Os funcionários do Le Monde aprovaram nesta terça-feira em assembléia a convocação de uma histórica greve para a próxima segunda-feira para protestar contra um plano de redução de 130 postos de trabalho anunciado pela direção. Dessa forma, o jornal francês não sairá às bancas na terça-feira

Segundo o historiador e especialista em Le Monde, Patrick Eveno, esta é a terceira ameaça de greve da redação desse prestigioso jornal francês desde sua criação em 1944.

As duas greves anteriores, em 1951 e 1984, foram suspensas.

ber/da/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.