Le Monde convoca greve histórica

Os funcionários do Le Monde aprovaram nesta terça-feira em assembléia a convocação de uma histórica greve para a próxima segunda-feira para protestar contra um plano de redução de 130 postos de trabalho anunciado pela direção. Dessa forma, o jornal francês não estará nas bancas na terça-feira.

AFP |

Segundo o historiador e especialista em Le Monde, Patrick Eveno, esta é a terceira ameaça de greve da redação desse prestigiado jornal francês desde sua criação em 1944.

A direção do grupo, seriamente endividada, apresentou na última sexta-feira ao conselho de vigilância um "plano de recuperação" que prevê o corte de 130 postos de trabalho, incluindo a antecipação das aposentadorias e outros impostos, além do corte de várias entidades "endividadas ou não estratégicas" como a "Les Cahiers du Cinema".

Contando com esses cortes, os sindicatos calculam que aproximadamente 300 funcionários, um quarto dos quais trabalham na redação, estarão ameaçados.

O grupo Le Monde, um império com um total de 1.600 funcionários, engloba o jornal, suplementos, sites e revistas como 'Telerama', 'La Vie' e 'Courrier International', entre outras.

ber/cl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG