Laudo sobre morte de Sérgio Naya deve sair em dez dias

O laudo dos exames de toxicologia e anatomia patológica que identificarão a causa da morte do empresário e ex-deputado Sérgio Naya deve ser concluído em dez dias. A informação é da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Agência Estado |

De acordo com nota oficial divulgada neste domingo, os médicos Jorge Viana e Aldemir Almeida, os primeiros a chegarem ao quarto em que se encontrava Naya, serão interrogados nesta segunda-feira. Segundo a SSP-BA, sem notificar a polícia, eles levaram o corpo a uma funerária onde realizaram necropsia.

AE
A delegada titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) de Ilhéus, Adriana Paternostro Neto, pretende interrogar todas as pessoas que mantiveram contato com o empresário no período em que esteve em Ilhéus. Ela já ouviu funcionários do hotel e o motorista de Naya. O empresário tratava de assuntos relacionados à construção de um shopping na cidade.

Sérgio Naya foi encontrado morto na tarde da última sexta-feira no quarto do hotel em que estava hospedado sozinho em Ilhéus desde o dia 13. Ele foi eleito deputado em Minas Gerais por três mandatos, entre 1987 e 1999, mas ficou nacionalmente conhecido em 1998, quando o edifício Palace II, construído por sua empreiteira, a Sersan, desabou no Rio de Janeiro causando a morte de oito pessoas.

Leia mais sobre: Sérgio Naya

    Leia tudo sobre: sérgio naya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG