Laudo indica que deputado Carli Filho estava alcoolizado no momento do acidente

CURITIBA - Laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba aponta que o deputado estadual do Paraná Fernando Ribas Carli Filho (PSB) estava com 7,8 decigramas de álcool por litro de sangue, duas horas após ter se envolvido em um acidente no dia 7, quando duas pessoas morreram. De acordo com a legislação, 6 decigramas de álcool já caracterizam crime.

Agência Estado |

O deputado está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. De acordo com o último boletim divulgado sobre seu estado de saúde, Carli Filho foi operado no último dia 14 para correção das múltiplas fraturas de crânio e face. Ele está consciente e internado na Unidade de Terapia Intensiva para recuperação, segundo o Hospital Israelita Albert Einstein. Ainda não há previsão de alta.

Sindicância

Na manhã desta segunda-feira, a Corregedoria da Assembleia Legislativa do Paraná acatou denúncia feita por uma das famílias dos jovens mortos e instaurou sindicância para apurar possível quebra de decoro parlamentar por parte de Carli Filho, que pode provocar a cassação do mandato.

De acordo com a assessoria da Assembleia, o primeiro passo do processo é esta a abertura da apuração, que não pode durar mais de 30 dias. Em seguida, Carli Filho deve ser notificado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado. A partir de então, o deputado terá 10 dias para apresentar sua defesa.

Apresentada a defesa, a Corregedoria da Assembleia deve levantar mais informações para que o corregedor possa formar sua opinião do caso e emitir um relatório ao Conselho de Ética. E é só então que o deputado pode ser cassado.

Leia mais sobre: Carli Filho

    Leia tudo sobre: carli filho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG