Lages-SC confirma primeira morte por gripe suína

A Secretaria da Saúde do Estado de Santa Catarina confirmou hoje a primeira morte causada pelo vírus influenza A (H1N1), a gripe suína, no município de Lages. Com isso, sobe para nove o número de vítimas fatais da doença no Estado.

Agência Estado |

O exame que confirmou o diagnóstico foi analisado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). De acordo com a secretaria, trata-se de um homem de 42 anos que começou a apresentar os sintomas no dia 22 de julho, foi internado no Hospital e Maternidade Tereza Ramos no dia 25 de julho e faleceu dois dias depois. O paciente sofria de doença metabólica crônica, cardiopatia e hipertensão.

Ainda segundo a pasta, outros dois óbitos que estavam em investigação, em Tubarão e em Itajaí, tiveram resultado negativo para a gripe suína. O paciente de Tubarão tinha 36 anos e faleceu no Hospital Nossa Senhora da Conceição no dia 24 de pneumonia aguda e insuficiência respiratória. Já a paciente de Itajaí, de 13 anos, faleceu no Hospital Pequeno Príncipe no dia 28. Portadora de necessidades especiais e encefalopatia, ela teve pneumonia bilateral e insuficiência miocárdica.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG