Ladrões são baleados ao invadirem casa no Grande ABC

Dois bandidos foram baleados durante a invasão da residência de um gerente de banco em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, na noite de ontem. Eles se aproveitaram da chegada da vítima em casa para entrarem no local.

Agência Estado |

O enteado do gerente, um escrivão de 26 anos, resolveu reagir e baleou os dois invasores, que ainda não foram identificados pela polícia. No momento do crime, quatro pessoas estavam na residência.

Segundo informações da Polícia Civil, ao notar a movimentação dos assaltantes, o escrivão, que trabalha em Santo André, também no ABC, se identificou como policial e foi atacado a tiros pelos bandidos. Ele reagiu com a sua pistola e conseguiu atingir o abdome e o braço do primeiro invasor, ainda na sala da residência. O segundo tentou correr e foi baleado na garagem. Mesmo ferido nas pernas, ele conseguiu fugir em um carro com a ajuda de dois outros comparsas que permaneceram do lado de fora da casa durante a invasão.

Pouco depois um veículo deixou um homem baleado no Pronto-Socorro do Hospital Heliópolis, na zona sul de São Paulo. A vítima e testemunhas do crime foram levadas pela polícia ao hospital e o reconheceram como um dos participantes do crime. O outro bandido baleado, que permaneceu no local do crime, foi socorrido ao Hospital Municipal de Diadema, na Grande São Paulo. Os dois passaram por cirurgias, por isso a polícia ainda não pôde colher impressões digitais para fazer a identificação.

De acordo com o delegado Mitiaki Yamamoto, da Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo, o objetivo dos criminosos era fazer o gerente como refém. "Eles anunciaram que a intenção era sequestrar o gerente, mas não contavam que um parente dele era policial", disse. A polícia agora deve investigar se os bandidos queriam obter o pagamento de um resgate ou forçar a entrada na agência onde a vítima trabalha.

O delegado explicou que durante a ação os comparsas que permaneceram do lado de fora se comunicavam com os invasores por telefone celular. Com o homem baleado dentro da residência, a polícia apreendeu um celular e uma pistola calibre 380. Uma outra pistola, ponto 40, foi deixada no local do crime pelo bandido que fugiu e terminou no hospital.

    Leia tudo sobre: assalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG