Ladrões arrombam caixa eletrônico em 5 cidades em Santa Catarina

Em Blumenau, onde dois caixas foram arrombados, houve troca de tiros entre policiais e bandidos após o roubo

AE |

selo

Cinco cidades do interior de Santa Catarina foram atacadas por ladrões de caixas eletrônicos na madrugada deste domingo, segundo informações iniciais da Polícia Militar. 

Em Pomerode, os criminosos usaram um maçarico para abrir um buraco no equipamento e furtar o dinheiro. O crime aconteceu por volta das 3 horas, em um dos 11 terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, no Centro da cidade.

Segundo a PM, os ladrões levaram uma quantia ainda não divulgada de apenas um dos caixas. Outro terminal ao lado estava chamuscado. Eles invadiram o local, isolando o sensor de presença do alarme, para poder realizar o arrombamento. 

De acordo com a PM, em Blumenau, onde dois caixas eletrônicos foram arrombados, houve troca de tiros entre policiais e bandidos após o roubo. Outros arrombamentos ocorreram em Benedito Novo e Pomerode. A PM não soube confirmar se o quinto assalto ocorreu em Ilhota ou Gaspar. Ninguém foi preso.

Notas manchadas

Em nota divulgada nesta quarta-feira (18), o Banco Central (BC) informou que toda cédula que contiver manchas, rabiscos, símbolos ou desenhos deve ser depositada ou trocada em estabelecimento bancário. "A população e o comércio devem recusar o recebimento de notas do Real marcadas", afirma a nota, em resposta às dúvidas sobre o destino das cédulas manchadas com tinta vermelha. Estas notas são manchadas como forma de combater furtos a caixas eletrônicos.

O BC esclarece que, caso alguma cédula marcada seja recebida inadvertidamente, ela deve ser encaminhada a um estabelecimento bancário, que entregará um recibo a quem apresentou a cédula. A cédula será então encaminhada ao BC para exame e destruição. Caso a nota seja legítima, a pessoa que a apresentou será ressarcida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG