Lábios carnudos: a febre do momento

Lábios carnudos: a febre do momento Por Vera Fiori São Paulo, 15 (AE) - Maga Patalógica é uma personagem fictícia do universo de Patópolis, criada por Carl Barks. Reza a lenda dos quadrinhos que o cartunista teria se inspirado em nada menos do que Sophia Loren, dona de lábios naturalmente carnudos, para compor a inimiga número 1 do Tio Patinhas.

Agência Estado |

A boca da Maga, ou melhor dizendo, o bico, é pronunciado, o que leva a comparações com atrizes que exageraram no preenchimento dos lábios, como Donatela Versace, Courtney Love, Priscila Presley e tantas outras. Segundo a revista americana "Radar", especializada em celebridades, a onda exagerada dos porn lips fez várias vítimas, como a atriz Meg Ryan, que, nas palavras do produtor Clifford Streit: "colocou uma vagina no rosto." A overdose de cirurgias, botox, preenchimentos e afins não só cria resultados de gosto duvidoso, como mudam as feições daqueles que vivem do rosto.

Coqueluche absoluta em Hollywood, as transformações radicais e excessivas podem comprometer carreiras, como observa a jornalista Ana Maria Bahiana. "Uma atriz usa seu rosto para criar a personagem, e que personagem pode ser criada por um rosto que não se move? Ou um rosto que não tem mais idade, nem marcadores de humanidade? Rostos contam histórias, e o excesso de procedimentos as anulam. Há um limite ditado pelo bom senso, além do qual o rosto se torna um nada, inexpressivo como o de uma máscara de gesso."
Só para lembrar alguns exemplos de lábios turbinados e outros retoques, Ana Maria cita Melanie Griffith e Courtney Love - segundo ela, esta "só pode fazer papéis de maluca psicopata ou vítima desfigurada com o rosto que tem hoje"- e o ator Mikey Rourke. "Temo por Nicole Kidman e Eva Longoria, que estão no limite! No Oscar, Nicole - que tem uma rara beleza, em pessoa - só mexia os lábios, grossos demais, aliás." A lista de bizarrices é interminável, e quem tiver curiosidade de saber mais sobre as atrizes antes e depois de intervenções, Ana indica o site www.awfulplasticsurgery.com.

No cinemão hollywoodiano, regido pelo mercado, comenta a jornalista, é proibido aparentar um minuto além dos 35 anos. Mas muitas não parecem se importar em mostrar as marcas do tempo, nem por isso caíram no ostracismo:
- Os cinemas mundial e independente têm papéis para todos os tipos de ator, e todas as faixas de idade, mas, para uma carreira de grandes orçamentos e salários altos, impõe-se algo impossível, uma "eterna juventude", que não pode deixar de comprometer o próprio ganha-pão do ator, que é o seu rosto. Há muitas atrizes que caíram fora desse jogo ou jamais entraram nele. Mesmo dando retoques com ajuda dos recursos disponíveis, hoje, elas aparentam estar na faixa etária que estão, e usam a maturidade como um recurso, não como um obstáculo. Além de Vanessa Regrave e Julie Christie, temos, entre outras, Helen Mirren, Judy Dench, Sigourney Weaver, Jessica Lange, Emma Thompson, Alfre Woodward, Annette Bening, Diane Keaton, Glenn Close, Meryl Streep... todas maravilhosas, fortes, talentosas.

ANGELINAMANIA - Inspiradas em Angelina Jolie, mulheres de todas as idades correm para os consultórios médicos em busca de lábios carnudos, iguais ao da atriz e de outras celebridades. "Muitas trazem fotos de revistas para copiarem os traços de celebridades, mas vale lembrar que os modismos caem no caricato e o que é bonito dura para sempre", fala a dermatologista Ligia Kogos.

As mudanças podem ser temporárias ou definitivas. Há mais de 300 materiais que podem ser usados para o preenchimento labial e cada médico tem a sua preferência, como o ácido hialurônico - que, quando sintetizado em laboratório, recebe os nomes comerciais de Restylane, Hylaform, Reviderm e Perlanerestylaine; além do dimetilsiloxane, também conhecido como PDM; o metacrilato, que são microesferas misturadas em gel, entre outros. Os preenchimentos temporários costumam durar até seis meses e são indicados para aquelas que temem uma mudança brusca. Já os definitivos podem ser feitos gradualmente, para que a paciente vá se acostumando aos poucos.

"O resultado depende do refinamento estético do médico. Além da boa formação, seria interessante que o profissional tivesse noções de História da Arte para evitar os exageros." O procedimento dura, em média, 10 minutos e é feito no próprio consultório, explica Lígia. É aplicado um creme anestésico nos lábios e a substância é injetada na pele com agulhas bem delicadas. "É possível não só aumentar os lábios, como modificar o formato original." Depois da aplicação, a pessoa fica com um leve inchaço, que leva de dois a três dias. A médica recomenda um creme à base de corticóide por oito dias.

Além dos procedimentos dermatológicos, Lígia lembra que também é possível tirar partido dos batons para dar um up na boca. "Existem batons com substâncias capazes de aumentar os lábios, como a capsaicina, responsável pelo gosto picante da pimenta vermelha. O produto desencadeia um inchaço imediato, temporário." Outra dica são os brilhos labiais, como o Lip Plumpers, da marca Victoria Secret’s, com ação instantânea. O produto começa a agir assim que é aplicado e os lábios ficam carnudos por 48 horas.

"Os truques de maquiagem sempre são úteis", ensina a médica, fã do gloss cor Sorbet, um rosa clarinho, da marca francesa Sisley. Fiel a um estilo pessoal e particular, durante uma temporada, Lígia adotou o look retrô das atrizes italianas dos anos 60, usando lápis escuro no contorno da boca e batom mais claro no centro. "Agora estou na fase de tons mais discretos, e a maquiagem é interessante justamente por permitir variar e brincar bastante."
Já na opinião da dermatologista Patricia Rittes, o material mais seguro é o temporário, e não o definitivo. "Se médico e paciente não gostarem, o efeito desaparece em alguns meses."
- Entre as substâncias utilizadas, o ácido hialurônico tem muitas marcas e tipos. Pode ser mais diluído, mais espesso, dependendo do tipo de boca que você quer refazer. Uns servem para contorno, outros para volume, e o mais importante é saber colocar, pois destacar o contorno exige uma técnica e, dar volume, outra. O colágeno ainda é utilizado, e é feito um teste 30 dias antes no braço, para detectar algum tipo de alergia. Muitas vezes, profissionais não preparados erram no produto, na quantidade e no local.

A dermatologista prefere anestesia local a pomadas anestésicas, como as usadas por dentistas. "É muito dolorido colocar uma agulha (para fazer o preenchimento) no lábio. A paciente até pode sair de batom, só que o local fica inchado por cerca de 48 horas. Também podem ocorrer hematomas que desaparecem em uma semana, sem seqüelas."
Para a médica, o desfile de tantos "bicos de pato" nas ruas, na telinha e na telona nada mais é do que um exagero determinado pelo mau profissional, que vai além do bom senso e equilíbrio estéticos.

CUIDADOS E MAQUIAGEM - Não basta passar um batom e tchau. Para evitar o ressecamento dos lábios, escolha produtos específicos com emolientes à base de manteiga de karité, vitaminas, ceramidas e filtro solar na fórmula. Há também cosméticos que promovem uma leve descamação, como o esfoliante labial Satin Lip Mask, superdelicado, que retira toda a aspereza, e o bálsamo Lip Balm, ambos da marca Mary Kay, formulados com vitaminas A e D. Outra dica é o cosmético Primordiale Optimum Lèvres, de Lâncome, que esfolia as células mortas ao mesmo tempo em que suaviza e hidrata.

"Entre um resultado estético duvidoso e um truque de maquiagem para aumentar a boca, é melhor ficar com a segunda opção", aconselha o maquiador Kaká Moraes. Acostumado a maquiar celebridades e tops, ele observa que as mulheres, às vezes, pecam pelo excesso de intervenções no rosto e acabam perdendo a expressão natural. "Com a maquiagem, é possível aumentar ou disfarçar pequenas imperfeições, tendo a vantagem de não ser nada definitivo."
No caso de lábios finos, é possível aumentá-los, delineando um contorno com lápis cor de boca. "Trace uma linha suave fora do contorno natural. Para não ficar uma "moldura", a dica é passar um pouco do lápis também no recheio dos lábios ou esfumaçar com os dedos. Importante: lápis de contorno e batom devem ser da mesma tonalidade. Cores claras, cintilantes e gloss com pigmentos brilhantes são indicados para aumentar os lábios. O maquiador sugere os tons claros da linha de batons Ultra Color Rich Batom Cor Intensa, da Avon.

Segundo Cayo Lanza, maquiador do Studio W, o segredo para garantir uma boca irresistível é escolher uma cor que combine com o formato dos lábios, a pele e o jeito de ser. Feito isso, pequenos truques ajudam a aumentar ou diminuir os lábios. "Aplicar um pouco de batom fora do contorno labial faz com que a boca ganhe um destaque extra. Entretanto, quando aplicado somente no meio dos lábios, a sensação é inversa", ensina. Mais um truque do maquiador: passar corretivo com cotonete em volta dos lábios e, em seguida, aplicar o batom diminui os pequenos sulcos que se formam com a idade. O gloss é optativo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG