Bambi despertou sua paixão pelo cinema - Brasil - iG" /

Kiefer Sutherland confessa que Bambi despertou sua paixão pelo cinema

LOS ANGELES - O ator Kiefer Sutherland, protagonista de 24 horas, afirmou hoje em Los Angeles que o drama Bambi (1942), de Walt Disney, marcou sua infância e despertou seu amor pelo cinema.

EFE |

Sutherland, que interpreta na série o duro agente Jack Bauer, revelou que assistiu a "Bambi" pela primeira vez aos sete anos e que, "apesar de chorar", ficou com "vontade de mais" quando acabou a aventura do veado.

"Uma história apaixonada e contada de forma bela, foi a porta para o meu amor pelos filmes", confessou na entrevista coletiva de apresentação de "Monstros vs. Alienígenas", animação da DreamWorks SKG que estreia em 27 de março nos Estados Unidos e na qual o ator faz a voz do general W.R. Monger.

"'Bambi' foi o filme da minha geração e ainda é difícil de achar um filme mais dramático que esse: a mãe morre no primeiro ato, o processo de crescer, se apaixonar, conhecer seu pai e enfrentar o grande desafio de salvar a floresta e triunfar", explicou o astro.

O ator falou sobre a experiência de trabalhar em animação, um terreno diferente para ele, e disse que isso ajudou-o a lembrar do começo de sua carreira, na escola de teatro.

"Voltou a me dar a ideia de atuar de forma diferente, não especificamente para este filme, mas me dar conta de que quando '24 horas' terminar, posso fazer um personagem completamente diferente, me lembrou de que isso era uma opção e foi libertador em muito sentidos", disse.

"Odiaria pensar que sou completamente limitado", declarou, e não descartou participar de uma comédia no futuro, embora "com um papel pequeno". "Isso seria divertido", acrescentou.

O filme baseado na série poderia ser rodado assim que a produtora der por concluído definitivamente o programa na televisão.

"Concordamos em que falaríamos da ideia de um filme quando a série terminasse. Se as pessoas ainda querem ver algo assim, adoraríamos fazê-lo, discutimos isso e de fazer duas horas para representar um dia, o que suporia uma grande liberdade de tempo para os roteiristas", comentou Sutherland.

Leia mais sobre: Kiefer Sutherland

    Leia tudo sobre: kiefer sutherland

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG