Kassab vistoria hospitais e postos médicos na zona sul

O candidato e prefeito Gilberto Kassab (DEM) vistoriou, na manhã de hoje, o Hospital MBoi Mirim e postos de Assistência Médica Ambulatorial (Ama) Jardim Ângela, Especialidades Capão Redondo e Parque Figueira Grande, na zonal sul. É só uma agenda eminentemente administrativa e rotineira.

Agência Estado |

Não é a primeira vez que faço isso. Inclusive, há a presença de pessoas extremamente técnicas para que possamos avaliar o desenvolvimento dos resultados", disse ele, ao ser indagado se já estava em ritmo de campanha.

Kassab ressaltou a prioridade dada na saúde e na educação. Acompanhado pelo secretário municipal de Saúde Januário Montone, elogiou o Hospital M'Boi Mirim, inaugurado há três meses, onde são feitos de 11 mil a 12 mil atendimentos de pronto-socorro por mês. "É esse o padrão que nós queremos para toda a Prefeitura." Acrescentou que, dentro da rotina estabelecida desde o início de sua gestão, não apenas faz novas obras, como também busca acompanhar o funcionamento delas. A Amas Especialidades Capão Redondo e Parque Figueira Grande foram inauguradas no dia anterior e o prefeito retornou para apurar seu funcionamento.

Na Ama Jardim Ângela, primeira inaugurada, em março de 2005, conversou com uma criança que estava em observação e tirou fotos com um enfermeiro. Na Ama Especialidades Capão Redondo, se encantou com um bebê e vistoriou algumas salas do local com a criança no colo. Na sua última visita, conversou com um idoso e viu um menino dar um salto "mortal".

Sobre o engajamento do tucano Clóvis Carvalho e de outros políticos do PSDB de expressão na campanha, Gilberto Kassab diz que prefere não se envolver em questões de outros partidos. "É uma situação muito peculiar. O PSDB participa de minha administração e comigo governa a cidade de São Paulo. Temos uma responsabilidade com a cidade. Fomos eleitos para governá-la e até o último dia estaremos juntos", disse.

Kassab informou que começará amanhã a campanha, tranqüilo e sereno. A vantagem de dois candidatos adversários, afirmou, deve-se aos cargos que eles já ocuparam. Frisou, porém, que a partir de agora ele terá a oportunidade de mostrar suas propostas e que o eleitor poderá comparar o trabalho feito e ver a importância de dar continuidade.

O candidato afirmou que o trânsito e a questão da mobilidade são temas importantes para a cidade. Acrescentou que o investimento do transporte público não foi feito de maneira adequada nos governos anteriores. Ressaltou os investimentos feitos pela prefeitura em conjunto com o governo do Estado no metrô, no Rodoanel e nos corredores de ônibus em sua gestão.

Sobre a restrição dos caminhões, disse que haverá mudanças em agosto, mas suspenderá as previstas em novembro por causa dos resultados positivos. Comentou que o setor de transporte de carga participou desse diálogo e eles estão confortados com as medidas, sabendo que haverá uma dose de sacrifício. "Todos nós, paulistanos, já passamos por algum modelo de sacrifício, como a convivência com o rodízio."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG