Kassab toma posse com desafio de realizar promessas

O engenheiro Gilberto Kassab (DEM), de 48 anos, toma posse hoje, às 16h30, como primeiro prefeito reeleito de São Paulo. Após 33 meses no cargo - em abril de 2006, como vice de José Serra (PSDB), assumiu o posto por causa da renúncia do titular, que disputou e assumiu o governo do Estado -, Kassab recebeu 3.

Agência Estado |

790.558 votos (60,7% dos válidos) nas urnas em outubro. Com o desafio de apresentar à sociedade um político além da Lei Cidade Limpa, ele terá de correr contra o tempo para realizar novas promessas e concluir o que deixou para trás.

Eleito pela coligação São Paulo no Rumo Certo (com PR, PMDB, PRP, PV e PSC), bateu a candidata do PT, Marta Suplicy, e segue no comando da cidade de maior orçamento do País (R$ 27,5 bilhões). Como o Jornal da Tarde revelou na edição de ontem, a gestão deixa um passivo equivalente a R$ 5 bilhões. A maioria dos projetos e obras inacabados se concentra nas áreas de transportes, habitação e revitalização do centro.

No entanto, os desafios atingem todos os setores. Diante do quadro, Kassab promete empenhar forças em duas frentes que ele aponta como as grandes marcas do mandato anterior: saúde e educação. “Temos 5 milhões de pessoas que dependem do ensino público em São Paulo e 7 milhões de pessoas que dependem da saúde pública”, afirmou o prefeito, em entrevista na sexta-feira passada, em seu apartamento nos Jardins. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG