Kassab tem até 2ª para apresentar defesa sobre adesivos

O candidato Gilberto Kassab, que disputa a reeleição à Prefeitura de São Paulo pela Coligação São Paulo no Rumo Certo (DEM, PMDB, PR, PV, PSC e PRP) tem até amanhã para apresentar sua defesa à Justiça eleitoral da acusação de confeccionar e distribuir adesivos com propaganda eleitoral irregular. A assessoria de imprensa de Kassab nega que a coligação tenha confeccionado adesivos que conteriam o desenho de um tucano, símbolo do PSDB.

Agência Estado |

Segundo informações da assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), um oficial de Justiça esteve ontem no comitê do candidato para recolher os adesivos, mas não encontrou o material cuja apreensão foi determinada pela Justiça eleitoral.

A juíza auxiliar da propaganda eleitoral Maria Silvia Gomes Sterman determinou na sexta-feira a apreensão dos adesivos pela ausência de informações obrigatórias, como o nome da coligação e o CNPJ. A magistrada acolheu parcialmente representação da Coligação São Paulo na Melhor Direção ( PSDB, PTB, PSL, PSDC e PHS ) e do PSDB, que também pediam a proibição e apreensão dos adesivos que conteriam o desenho de um tucano, símbolo do PSDB. A juíza não entrou, no entanto, no mérito do uso do símbolo, explicitando que "dentre os pedidos liminares, há aqueles que só podem ser observados em julgamento definitivo".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG