turno da fome até 2010 - Brasil - iG" /

Kassab quer acabar com o turno da fome até 2010

SÃO PAULO - Na reunião que marcou o balanço final da atual gestão, o prefeito reeleito Gilberto Kassab fez ontem uma previsão mais modesta em relação a uma das metas do governo: eliminar o ¿turno da fome¿ das escolas municipais. Promessa para o final da atual gestão, que termina em 31 de dezembro, o fim do turno da fome agora deve ocorrer só ¿ao longo de 2010¿, como disse o prefeito após reunião com o secretariado.

Agência Estado |

Quando nós concluirmos esse programa de obras que está em andamento, portanto ao longo de 2010 - esperamos que seja no início, mas ao longo de 2010 - nós queremos ter eliminado o terceiro turno na cidade, disse Kassab.

O fim do período de aulas da hora do almoço, das 11h às 15h, nas escolas municipais de ensino fundamental (Emefs) foi uma das primeiras promessas de governo de Kassab, lançada em julho de 2006 pelo secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider. Na época, cerca de 129 mil estudantes estavam matriculados nesse turno, em 309 colégios. Em 2009, segundo informou o próprio Schneider na semana passada, serão 68 Emefs com o turno da fome e cerca de 32 mil alunos no turno intermediário.

O turno da fome é condenado por educadores por limitar a quatro horas o tempo dos alunos na escola. Nas Emefs que funcionam em dois turnos, os estudantes têm cinco horas-aula diárias. Além disso, o cumprimento da meta é fundamental para adaptar a rede municipal para implantar o ensino fundamental de nove anos, obrigatório a partir de 2010. É uma promessa. É um compromisso nosso de, ao longo do sexto ano, você não ter mais o terceiro turno em São Paulo, afirmou Kassab, fazendo as contas desde o início da gestão Serra. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: kassab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG