Kassab promete mais vagas especiais nas ruas de SP

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), prometeu aumentar o número de vagas de estacionamento para pessoas com deficiência, mas não estipulou o prazo. Reportagem publicada ontem no jornal O Estado de S.

Agência Estado |

Paulo mostrou que a cidade tem apenas um terço da quantidade de vagas previstas pela legislação. “Antes do início da nossa gestão (José Serra/Gilberto Kassab, em 2005), a cidade não tinha nenhuma vaga. Nós já temos um terço e vamos atingir e ultrapassar esse patamar.”

Entretanto, em 2004, antes da sua gestão, a cidade já contava com 109 vagas para deficientes, de acordo com a Secretaria de Transportes (SMT). Conforme Kassab, o acréscimo de vagas será feito “o mais rapidamente possível porque é uma prioridade”. “Até criamos a Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.” O prefeito participou da cerimônia de abertura da oitava edição da Feira Internacional de Tecnologia em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech). Na abertura, foi lançado o selo de estacionamento do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) - numa adequação às normas federais.

Anteriormente, o cartão que permitia estacionar em vagas destinadas a deficientes físicos tinha validade apenas no município em que havia sido emitido. Agora, o cartão será integrado em todas as cidades do País. No estande da Prefeitura no evento, a Secretaria Municipal do Trabalho realiza ainda o pré-cadastramento de pessoas com deficiência para recolocação no mercado de trabalho. A Secretaria de Transporte informa ainda sobre o programa Atende - sistema de transporte especial -, bilhete único especial e ônibus acessíveis. Na Secretaria de Cultura, é possível retirar a programação do Centro Cultural São Paulo em braile. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG