Kassab ganha recurso para permanecer no cargo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmou nesta tarde que a defesa do prefeito da Capital, Gilberto Kassab, obteve efeito suspensivo da sentença da Justiça Eleitoral, de primeira instância, que cassou o seu mandato e o da vice-prefeita, Alda Marco Antonio, pelo recebimento de doações consideradas ilegais na campanha municipal de 2008. Com o efeito suspensivo, o prefeito poderá permanecer no cargo até o julgamento final do processo.

Agência Estado |

A decisão foi tomada pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, o mesmo que determinou a cassação de seu mandato.

Desde que foi anunciada a decisão do juiz em cassar o seu mandato, Kassab vem reiterando a confiança na manutenção de seu mandato e na Justiça. O prefeito destaca que todas as doações da campanha foram feitas de forma correta, argumentando que suas contas de campanha foram aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ele argumentou ainda que a doação de empresas ligadas a concessionárias do governo, motivo do pedido de cassação, foi considerada legal por instâncias superiores da própria Justiça Eleitoral.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG