Marta se diz ¿muito propensa¿ a se candidatar à prefeitura de São Paulo" / Marta se diz ¿muito propensa¿ a se candidatar à prefeitura de São Paulo" /

Kassab formaliza candidatura em São Paulo com apoio do PMDB

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), teve sua candidatura à reeleição nas eleições de outubro deste ano formalizada, nesta quinta-feira, após receber apoio oficial do PMDB paulista. Além de falar aqui da candidatura Kassab, estamos falando simultaneamente da busca que vamos fazer, com muita energia, para ter o PSDB nesta aliança, agora ampliada com a participação do PMDB, disse o prefeito, após anúncio oficial da aliança com os peemedebistas, da sede estadual do PMDB. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/24/marta_se_diz_muito_propensa_a_se_candidatar_a_prefeitura_de_sao_paulo_1284635.htmlMarta se diz ¿muito propensa¿ a se candidatar à prefeitura de São Paulo

Agência Estado |

Antes do anúncio oficial da aliança, o presidente do PMDB paulista e ex-governador Orestes Quércia falou com entusiasmo. "Quero pedir aplausos ao futuro prefeito reeleito de São Paulo, Gilberto Kassab", afirmou. Pelo acordo, os Democratas abrem mão da vaga para disputa ao Senado Federal em 2010, que ficará com Orestes Quércia.

No evento, que contou com lideranças do PMDB de São Paulo e do ex-presidente nacional do DEM Jorge Bornhausen, Quércia e Kassab reafirmaram o desejo de ter o PSDB como parceiro nas eleições.

AE

"O que estamos colocando para o PSDB é a análise de que juntos podemos eleger o prefeito, o governador e o senador (em 2010)." Ou seja, o acordo entre DEM e PMDB passa pela eventual candidatura de Geraldo Alckmin ao governo de São Paulo em 2010. Resta saber se o tucano aceitará proposta, já que uma ala do partido não quer abrir mão da candidatura própria nas eleições municipais.

Ainda pelo acordo fechado hoje, Kassab poderá ter como vice em sua chapa a terceira vice-presidente estadual do PMDB, Alda Marco Antonio. Isso só não ocorrerá se o PSDB abrir mão da candidatura Alckmin e indicar um candidato a vice na chapa encabeçada por Gilberto Kassab.

Momento histórico

O prefeito disse estar muito feliz com a aliança com o PMDB e alegou que se o PSDB caminhar junto neste pleito, será um momento histórico para a cidade de São Paulo. "Pela primeira vez, surge a possibilidade de uma aliança PMDB, PSDB e DEM", disse. "Tenho certeza que com a ajuda e a experiência de Quércia, vamos saber consolidar essa aliança para fazer o melhor por São Paulo."

No discurso que realizou na formalização da aliança, Quércia disse que fará "um trabalho de formiguinha que só o PMDB sabe fazer" para reeleger Kassab. "Vamos às ruas de bairro em bairro e de casa em casa para reeleger nosso prefeito Kassab e a nossa vice Alta Marco Antonio. Estamos na expectativa da habilidade do prefeito trazer para a aliança o PSDB", afirmou.

Eleições 2010:

    Leia tudo sobre: kassab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG