Trunfo para virar um jogo difícil ou cartada para acabar de vez com a partida, a propaganda eleitoral gratuita volta hoje à TV e ao rádio em São Paulo, reinaugurando a disputa entre os finalistas Gilberto Kassab (DEM) e Marta Suplicy (PT). O prefeito retoma a corrida à reeleição, na dianteira, com o jingle Sorria! e o seu símbolo de campanha, o boneco Kassabinho.

Já a petista tem de reverter o placar e aposta todas as fichas na proximidade com o presidente Lula e em duras cobranças. Nesse cenário, hoje à noite, os dois se encontrarão pela primeira vez, frente a frente, sem outros adversários, para um debate na TV.

No horário eleitoral, as condições do enfrentamento agora são idênticas. Os dois candidatos dispõem de 20 minutos de programa cada um, diários, para destrinchar propostas, contestar o adversário e consolidar ou reverter o placar do primeiro round. A propaganda vai até o dia 24, antevéspera da votação. Cada concorrente terá mais 15 minutos diários, repartidos em inserções de até 60 segundos.

O placar que surgiu da primeira pesquisa do segundo turno mostrou uma vantagem de 17 pontos do prefeito sobre a ex-ministra do Turismo. Sondagem do Datafolha assustou a equipe do PT ao apontar 54% dos votos para Kassab e 37% para Marta. Só 5% dos paulistanos pretendem votar em branco ou anular o voto e 3% não têm candidato. A mesma sondagem mostrou que 61% dos paulistanos aprovam a gestão Kassab e 74% dos eleitores de Geraldo Alckmin (PSDB) votariam no prefeito. As informações são do jornal "O Estado de S.Paulo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.