Kassab e Marta chegam ao segundo turno em SP quase empatados

SÃO PAULO - Com uma arrancada surpreendente nos últimos dias da campanha, o prefeito Gilberto Kassab está no segundo turno da eleição municipal de São Paulo. Às 23h45, ele estava praticamente empatado com a ex-prefeita Marta Suplicy, do PT.

Valor Online |

Com apuração de 95,88% dos votos, o atual prefeito ficou com 2,059 milhões de votos, o equivalente a 33,72% dos votos válidos, contra 1,993 milhão da candidata petista, o que representa 32,64% do total.

Na terceira posição ficou o ex-governador Geraldo Alckmin, que segundo o TSE tem 22,51% dos votos apurados na capital, ou 1,375 milhão. O deputado Paulo Maluf tinha 5,92% dos votos (361.631), seguido por Soninha (PPS), com 4,19% (255.834), e Ivan Valente (PSOL), com 0,67%.

Renato Reichmann (PMN) com 0,11%, Levy Fidelix (PRTB) com 0,09%, Edmilson Costa (PCB) com 0,07%, Ciro Moura (PTC), com 0,06% e Anaí Caprioni (PCO), com 0,03%, completaram a lista.

Ao todo, foram apurados 7,86 milhões de votos na capital paulista, sendo 92,09% válidos, 3,33% em branco e 4,58%, nulos. A abstenção foi de 15,63%.

Apesar de mostrarem o crescimento de candidatura de Kassab nos últimos dias da corrida eleitoral, as pesquisas de intenção de voto - incluindo a de boca-de-urna - nunca mostraram o atual prefeito de São Paulo com tal posição na disputa.

A pesquisa do Datafolha realizada nos dias 3 e 4 de outubro e divulgada hoje mostrava Marta com 36% dos votos válidos e o candidato do DEM com 30%. A boca-de-urna do Ibope apontou a petista também com 36% dos votos válidos e Kassab com 32%.

Com a passagem para o segundo turno, agora os candidatos buscam formar alianças para atrair os votos dos concorrentes que foram derrotados. Em discurso logo após se certificar da passagem para o segundo turno, Kassab sinalizou que espera contar com o apoio dos adversários Geraldo Alckmin (PSDB) e Soninha (PPS).

(Valor Online)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG