Kassab diz desconhecer intimidação de Arruda

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, declarou ontem que não sabe de nenhuma ameaça do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM). Eu desconheço essas ameaças e continuo com a posição de que as denúncias graves e muito consistentes têm de ser esclarecidas o mais rápido possível, afirmou o prefeito, uma das principais lideranças nacionais do DEM.

Agência Estado |

De acordo com Kassab, os relatos que recebeu após a reunião da cúpula do seu partido com Arruda não apontavam para uma radicalização do discurso do governador. Ele negou qualquer vínculo com irregularidades no governo do Distrito Federal e defendeu "punições exemplares" para os envolvidos com o esquema investigado pela Polícia Federal (PF).

O prefeito já havia sido indagado sobre o "mensalão do DEM" durante almoço com cerca de 150 empresários e executivos em um hotel da capital paulista. Ele admitiu que a suspeita de corrupção que pesa contra Arruda causa um desgaste inédito para o seu partido. Kassab afirmou que considera as denúncias consistentes, mas evitou especificar qualquer punição administrativa interna para o governador, que ontem argumentou ter sido vítima de uma denúncia "conduzida", de modo a comprometê-lo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG