Justiça vai decidir destino de bebê abandonado no PA

Pessoas de todo o País manifestaram interesse em adotar criança, que ainda deve ficar mais 15 dias internada

AE |

selo

Pessoas de todo o País querem adotar o bebê jogado pela mãe no quintal do vizinho logo depois de nascer. O destino da criança está nas mãos do juizado da Infância e Adolescência da capital paraense, que decidirá se o devolve à babá Elinaura Nascimento Santos, de 20 anos, ou se o entrega a uma família que reúna condições para adotá-lo.

O menino está internado na Santa Casa de Misericórdia do Pará, onde deve permanecer pelos próximo 15 dias. Ele apresenta escoriações nas pernas e na cabeça, mas não corre risco de morte.

O caso de Natalino de Jesus, nome dado ao bebê pelos conselheiros tutelares Abner Lopes e Irnaclei Pantoja, comoveu o Brasil. Na véspera de Natal, por volta das 8 da noite, Elinaura deu à luz ao menino e decidiu jogá-lo para o quintal do vizinho. Ela embrulhou o garoto em uma sacola plástica e o lançou sobre o muro de dois metros de altura.

O serralheiro Carlos Barros, que encontrou a criança doze horas depois e chamou o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), contou estar feliz por não ter viajado para passar o Natal fora de Belém com a família. Isso salvou a criança da morte, já que o bebê ficou mais de 13 horas no quintal, onde passou toda a madrugada.

"Eu resolvi ir ao quintal atraído pelo choro que vinha próximo do muro e fiquei surpreso quando vi aquela sacola com a criança dentro", disse Barros.

Hoje, Elinaura voltou a demonstrar arrependimento. "Quero o meu filho de volta, porque gosto muito de criança", afirmou. Na casa onde ela trabalhava como babá, a família diz estar sofrendo pressão da vizinhança para demitir Elinaura.

A polícia aguarda que ela receba alta da Santa Casa, onde está internada, para prestar depoimento. O delegado Glauco Nascimento deverá indiciá-la por abandono de incapaz, lesão corporal e tentativa de homicídio. A pena máxima para esses crimes chega a 12 anos de prisão.

    Leia tudo sobre: bebêparásobrevivente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG