A Justiça do Amazonas revogou nesta sexta-feira a prisão do ex-deputado estadual Wallace Souza. A medida foi tomada pela juíza titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Mirza Telma.

Divulgação
Ex-deputado Wallace Souza é procurado

O ex-deputado Wallace Souza

Souza teve o mandato cassado pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) no dia 1º de outubro de 2009. No dia 5 do mesmo mês, teve a prisão decretada pelo juiz Mauro Antony, mas entregou-se apenas no dia 9. Ele era acusado de comandar uma máfia e de encomendar assassinatos para conseguir imagens para um programa de televisão do qual era apresentador.

Diagnosticado com trombose da veia hepática, o ex-parlamentar passou boa parte de seu período preso internado no hospital Beneficente Portuguesa.

No último dia 10 de fevereiro, a defesa de Souza havia conseguido prisão domiciliar junto ao juiz da Vara de Execuções Penais, Celso Antunes. Na semana passada, o ex-parlamentar havia obtido a revogação da prisão preventiva que havia sido decretada por suposta associação com o tráfico de drogas pelo juiz Mauro Antony, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes.

Em 10 de fevereiro, a defesa do ex-deputado conseguiu a prisão domiciliar junto ao juiz da Vara de Execuções Penais, Celso Antunes. A decisão do magistrado acabou confirmada pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na última semana, que também acolheu a proposta de derrubar a prisão domiciliar, decretada pelo juiz Mauro Antony. Como havia este segundo mandado de prisão, expedido pela juiza da 1ª Vara do Tribunal do Júri, ele permaneceu preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.