Justiça ordena volta de serviço de saúde em Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas informou hoje que, por determinação judicial, o atendimento de serviço ambulatorial na Policlínica 2 deverá ser restabelecido. Os 152 servidores estão em greve desde semana passada para cobrar melhores condições de trabalho no prédio onde a unidade funciona.

Agência Estado |

A água que sai das torneiras estaria contaminada pela rede de esgoto.

A Secretaria de Saúde comunicou que algumas reformas já foram iniciadas na unidade. Os trabalhos incluem intervenções nas redes hidráulica, elétrica e na estrutura predial. Para o Secretário de Saúde de Campinas, José Francisco Kerr Saraiva, o prédio é antigo, mas não oferece risco ao trabalho. Diariamente, são atendidas cerca de 600 pessoas no local, a maioria idosos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG