Justiça ordena reintegração de posse de fazenda de Dantas

A juíza da Comarca de Marabá, Maria Aldecy de Souza Pissolati, determinou hoje a reintegração de posse da Fazenda Maria Bonita, em Eldorado do Carajás, no sul do Pará. Desde o último dia 25, cerca de 200 membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupam a propriedade, pertencente à Agropecuária Santa Barbará Xinguara, do Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.

Agência Estado |

Segundo o despacho da juíza, a Polícia Civil relatou que funcionários da fazenda informaram que a área é produtiva e conta com cerca de 60 empregados que, além de trabalhar, moram no local com suas famílias. A Polícia Militar (PM) deverá responder pelo contingente necessário para assegurar o cumprimento da ordem judicial. Foi estipulada multa diária de R$ 1 mil para cada pessoa que descumprir a decisão.

Depoimentos

Dantas será interrogado na próxima quinta-feira (07), às 13 horas, pela Justiça paulista. O banqueiro e outros dois envolvidos com a acusação, Humberto José da Rocha Braz e Hugo Chicaroni, serão ouvidos pelo juiz Fausto Martin de Sanctis, da 6ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo.

O interrogatório de Chicaroni está marcado para às 13h da próxima terça-feira (05) e o de Braz, para o mesmo horário, na quarta-feira (06). Os dois são apontados pelo MPF como os responsáveis por, a mando de Dantas, tentar subornar um delegado da Polícia Federal para que o nome do banqueiro fosse tirado das investigações da Operação Satiagraha.

Leia também:

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Leia tudo sobre: operação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG