A Justiça de São Paulo concedeu hoje habeas-corpus ao engenheiro de 59 anos acusado de racismo contra o segurança de uma escola na zona sul da cidade. A decisão é da juíza Eliana Cassales Tosi de Mello, do Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária (Dipo).

Alexandre Semenoff estava detido desde terça-feira.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), crianças brincavam no pátio de uma escola de educação infantil, no bairro do Ibirapuera, zona sul, quando um homem, aparentemente sem motivo, passou a xingar os estudantes.

O segurança, que trabalha na escola, pediu para que o homem parasse de dizer palavrões. Eles discutiram e o engenheiro agrediu o segurança. "Olha a sua cor", teria dito o homem segundo testemunhas que presenciaram a ofensa e acionaram a polícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.