Justiça encerra penúltima fase de ação contra Dolabella

Foi concluída hoje a penúltima fase do processo sobre a suposta agressão do ator Dado Dolabella contra a atriz e ex-namorada, Luana Piovani. A conclusão ocorreu em uma audiência que durou mais de sete horas no 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, no centro do Rio de Janeiro.

Agência Estado |

Os ex-namorados não se encontraram. A agressão teria ocorrido na boate 00, na Gávea, bairro da zona sul da capital fluminense, em outubro do ano passado.

A pedido da atriz, Dolabella não pode assistir aos depoimentos das testemunhas de defesa e só acompanhou os das testemunhas de acusação, após a atriz ir embora. A camareira Esmeralda de Souza, de 62 anos, que acusa o ator de agressão em outro processo foi uma das testemunhas de Luana. Na última fase da ação movida pela atriz, a juíza Anne Cristine Scheele Santos analisará os depoimentos e provas para proferir a sentença ou pedir novos depoimentos.

A família de Dolabella se mostrou preocupada pela juíza escolhida por sorteio. Ela decretou na semana passada a prisão do ator por desrespeito a uma decisão judicial, que o obrigava a manter 250 metros de distância da ex-namorada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG