Justiça Eleitoral multa Marta por campanha antecipada

A ex-ministra do Turismo e pré-candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, foi multada hoje pela Justiça Eleitoral paulista a pagar R$ 42,564 por entrevista concedida aos veículos Folha de S.Paulo e Veja São Paulo , sob a justificativa de que teria feito campanha antes do prazo legal.

Agência Estado |

As empresas Folha da Manhã e Editora Abril, que editam as publicações, respectivamente, foram multadas em R$ 21,288 cada uma. A ex-ministra considerou "absolutamente improcedente" a punição.

"É uma multa que consideramos equivocada, a imprensa tem que informar", disse Marta durante uma visita a Taboão da Serra, na Grande São Paulo, onde conheceu um programa educacional pelo qual professores fazem visitas à residência de seus alunos. "Estamos recorrendo. Acredito que a situação será esclarecida e que não vamos ter que pagar uma multa que seria absolutamente improcedente de acordo com o país democrático em que vivemos", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG