A Justiça Eleitoral atendeu nesta sexta-feira a um pedido do PT e mandou tirar do ar as inserções veiculadas nos últimos dias pelo PSDB, tendo como protagonista o governador de São Paulo, José Serra. No filme, que começou a ser veiculado na quarta-feira na TV, o pré-candidato tucano ao Palácio do Planalto aparece falando sobre realizações do PSDB no Estado.

Ao conceder a liminar, a corregedoria eleitoral baseou-se nos mesmos argumentos que resultaram, na semana passada, na proibição de inserções do PT. Nesse caso, os filmes eram protagonizados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e pelo senador Aloizio Mercadante.

PMDB e PSDB entraram na Justiça demandando a proibição, sob o argumento de que os filmes extrapolavam a regra que rege a propaganda partidária no rádio e na televisão.

Leia mais sobre: Eleições 2010

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.