Justiça decreta prisão temporária de 11 militares no Rio

O Tribunal de Justiça do Rio decretou nesta madrugada a prisão temporária dos 11 militares suspeitos de participação na morte de três jovens detidos pelo Exército, no sábado, no Morro da Providência, zona portuária carioca. Os militares teriam entregue os adolescentes a uma facção criminosa do Morro da Mineira, que foi acusada de ter executado os rapazes.

Agência Estado |

Os corpos foram encontrados num lixão.

A juíza de plantão Regina Lúcia de Castro Lima atendeu solicitação do 4o. Distrito Policial da Praça da República, que investiga a ocorrência, e decretou a prisão temporária, por 10 dias, dos 11 militares suspeitos de envolvimento no caso. Terminado esse prazo, a Justiça analisará se aceita ou não denúncia contra os militares, quando, então, poderá vir a ser decretada a prisão preventiva. O Exército também abriu inquérito para apurar os assassinatos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG