Justiça de São Paulo bloqueia bens de empresas da família Maluf

SÃO PAULO - Uma liminar concedida pela Justiça de São Paulo a pedido do Ministério Público decretou o bloqueio dos bens de dois filhos do ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf. Os bens de Otávio Maluf e Lima Maluf Alves da Silva, das empresas Kildare Finance Limitec e Macdoel Investment Limited, controladas pela família, e de Hani Bin Al Kalouti, jordaniano acusado de participar do esquema de fraudes que envolvem o ex-prefeito e operações internacionais, devem ser bloqueados.

Redação |

Na ação, a Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social pede o bloqueio dos bens da família Maluf, das empresas no exterior controladas por ela nas Ilhas Virgens Britânicas, e da Eucatex. O processo também pede a repatriação de mais de R$ 300 milhões, resultado de superfaturamento de obras públicas, conforme foi anunciado na segunda-feira .

Mariana Maltoni
Paulo Maluf e sua esposa já tiveram os bens bloqueados em outra ação

O juiz Aléssio Martins Gonçalves, da 4ª Vara da Fazenda Pública, deferiu parcialmente a liminar em decisão tomadas na terça-feira excluindo apenas a Eucatex do pedido feito pelo MP, pois ele entendeu que a indisponibilidade de bens da Eucatex S. A. Indústria e Comércio poderia ocasionar a falência da empresa, já em recuperação judicial, o que prejudicaria o ressarcimento aos cofres públicos.

Os promotores de Justiça Silvio Antonio Marques e Saad Mazloum, que assinam a ação civil pública, anunciaram que vão recorrer ao Tribunal de Justiça para que a liminar alcance também os bens da Eucatex. Segundo os promotores, a empresa é a principal beneficiária do desvio de recursos públicos apontados na ação e tem condições de continuar suas atividades mesmo com o bloqueio parcial de bens requerido pelo Ministério Público.

De acordo com nota do Ministério Público, Paulo Maluf, sua esposa, Sylvia, e o filho Paulo tiverem os bens bloqueados judicialmente em outra ação.


Leia mais sobre: Paulo Maluf

    Leia tudo sobre: ministério públicopaulo malufsão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG