Justiça de Goiás julga em maio jovem que matou inglesa

O Tribunal de Justiça de Goiás marcou para o próximo dia 14 de maio o julgamento de Mohammed Dali Carvalho dos Santos, acusado de matar e esquartejar a inglesa Cara Marie Burke, no dia 26 de julho do ano passado, em Goiânia. O julgamento de Mohammed, no 1º Tribunal do Júri de Goiânia, estará a cargo do juiz Jesseir Coelho de Alcântara.

Agência Estado |

Segundo o TJ, Mohammed é acusado de matar e esquartejar a inglesa por motivo fútil e ainda não oferecer oportunidade de defesa à vítima. O réu matou Cara pelo fato de ela ter ameaçado contar à mãe de Mohammed e a um policial da Rotam seu envolvimento com drogas. Sobre a qualificatória de não oferecer oportunidade de defesa, consta que Cara estava ao telefone no momento em que foi atacada a facadas e posteriormente esquartejou e ocultou as partes do corpo, segundo denúncia do Ministério público.

Ainda segundo a denúncia, a motivação de Mohammed era o temor de que Cara não cumprisse o acordo de casamento feito na Inglaterra, onde eles se conheceram. Com o objetivo de obter a cidadania inglesa, ele propôs a Cara pagar sua passagem para o Brasil, desde que ela se casasse com ele. Eles chegaram a viver juntos, sem qualquer relacionamento amoroso, até a vítima se mudar para um outro bairro. Ela estava com medo de Mohammed devido ao seu envolvimento com drogas.

Veja matéria em vídeo sobre o julgamento de Mohammed:

Leia mais sobre: Cara Marie Burke

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG