Justiça condena Prefeitura do Rio por atendimento médico deficiente

RIO DE JANEIRO ¿ O Tribunal de Justiça do Rio condenou a Prefeitura do Rio de Janeiro a pagar uma indenização no valor de R$ 60 mil, a título de danos morais, a Fabiano Ferrari por má prestação de serviços médicos.

Redação |

Fabiano sofreu um acidente de moto, sendo levado em seguida para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona Norte da cidade. Por falta de material no atendimento emergencial e de vagas no CTI, ele teve que ser transferido para outro hospital.

De acordo com o laudo pericial, Fabiano sofreu lesões neurológicas definitivas e irreversíveis e teve redução significativa de movimentos. Ainda segundo a perícia, a má assistência médica prestada nas primeiras horas após o acidente tornou-o incapacitado para o trabalho.

"É inegável a deficiência do serviço hospitalar prestado ao autor. Daí poder-se responsabilizar o réu pelas conseqüências advindas da falha do serviço, conforme descritas no laudo pericial", afirmou o relator do processo, desembargador José Geraldo Antonio.

Leia mais sobre: indenizações


    Leia tudo sobre: danos moraisindenizaçãoprefeiturariotribunal de justiça

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG