A Justiça fluminense condenou André Leandro da Silva por ter atropelado e matado seis pessoas, entre elas um bebê de nove meses, em Bangu, na zona oeste do Rio, em junho deste ano. Apesar da defesa ter alegado que o carro do réu foi fechado por outro ocasionando o acidente, o juiz Alberto Salomão Junior, da 2ª Vara Criminal de Bangu, rejeitou o argumento em sua decisão.

André cumprirá pena por homicídio culposo por não possuir carteira de habilitação e por provocar um acidente que resultou em mortes. Por ser réu primário, ele ficará detido em regime semiaberto por cinco anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.