O prefeito de Lagoa Santa (MG), Rogério Avelar (PPS), e seu vice, Leônidas Araújo de Oliveira (PP), tiveram os mandatos cassados ontem por decisão da juíza Sandra Sallete da Silva, da comarca local. Os dois foram acusados de abuso de poder político e econômico e corrupção eleitoral durante a campanha em 2008.

Avelar preside a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel). A decisão é de primeira instância e cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). O prefeito e vice cassados não foram localizados ontem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.