Justiça bloqueia bens de donos de empresa incendiada

A Justiça bloqueou hoje todos os bens de Rogério Lopes da Silva e José Maria Albuquerque Maranhão, donos da Di-All Química, e de Tsuneo Honji, proprietário do imóvel onde funcionava a empresa, em Diadema, na Grande São Paulo. A decisão, divulgada pelo Ministério Público (MP), foi tomada pela juíza da 3ª Vara Cível do município paulista, Cecília Maria Denser de Sá Astoni.

Agência Estado |

O bloqueio vale ainda para a esposa de Maranhão, Eliana Aparecida dos Santos Maranhão.

A promotora Cecília Maria Denser de Sá Astoni pediu o bloqueio à Justiça para assegurar uma possível execução decorrente da ação civil pública proposta contra a Di-All por dano ambiental. Segundo o MP, na ação, a promotora relata a suspeita de que o depósito abrigava produtos utilizados para adulterar gasolina. O incêndio ocorreu em 27 de março. Dezoito casas situadas ao lado do galpão, no bairro Jardim Ruyce, foram afetadas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG