Justiça bloqueia bens de dono da WE no caso BNDES

A Justiça Federal decretou o bloqueio de cinco contas correntes do construtor Manuel Fernandes de Bastos Filho, o Maneco, dono da WE, casa noturna e QG do suposto esquema BNDES. A decisão foi tomada pelo juiz Marcio Catapani, da 2.

Agência Estado |

ª Vara Criminal Federal de São Paulo, que acolheu solicitação em caráter de urgência da procuradora da República Adriana Scordamaglia.

Ela recebeu informações sobre movimentações atípicas, superiores a R$ 500 mil, nas contas de Maneco e de outras três pessoas vinculadas a ele, inclusive depois do início da operação. Maneco é o único foragido da Operação Santa Tereza. As contas dele teriam sofrido movimentações que indicam provável dilapidação de patrimônio do acusado. O advogado Luiz Fernando Pacheco, que defende Maneco, informou que seu cliente não tem envolvimento com o caso BNDES. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG