RIO DE JANEIRO ¿ A Justiça Federal autorizou nesta terça-feira a transferência imediata do traficante Márcio da Silva Lima, conhecido como Tola, para o presídio federal de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná. O motivo da mudança não foi informado.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Estado do Rio, a transferência do traficante já está sendo providenciada pela Secretaria de Administração Penitenciária. Atualmente,  ele está detido no presídio Bangu 1, na zona oeste do Rio.

"Tola", de 35 anos, é suspeito de chefiar a venda de drogas no complexo de favelas da Vila Aliança, em Senador Camará, na zona oeste. Ele foi preso em abril deste ano no interior de Minas Gerais .

O traficante estava na lista dos mais perigosos e procurados do Rio. O Disque-Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 2 mil para quem desse informações que levassem à prisão dele.

Esta é a segunda transferência de presos fluminenses para as unidades federais em quatro dias. No último sábado, foram transferidos dez presos para o presídio federal de Campo Grande , em Mato Grosso do Sul.

Eles são suspeitos de pertencer à facção criminosa que tentou invadir o Morro dos Macacos no último dia 17, quando um helicóptero da PM foi derrubado  por bandidos. 

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.