A Justiça do Rio de Janeiro absolveu nesta semana cinco homens que eram acusados de matar o menino Jorge Cauã Silva de Lacerda durante uma troca de tiros com a polícia na Favela da Coreia, na zona oeste do Rio, em outubro de 2008. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Helder Gouvea da Silva, Thiago Oliveira dos Santos, Douglas Carvalho Medeiros, Gil Pinheiro dos Santos e João dos Santos Correia Lins eram traficantes e invadiram a casa de Cauã após policiais civis entrarem na favela durante uma operação contra o tráfico de drogas.

O menino tinha quatro anos e foi atingido com um tiro no tórax. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.