Júri de acusados de matar adolescentes em PE deve acabar hoje

Irmãos são acusados de assassinarem duas amigas de 16 anos após tentarem estuprá-las próximo à praia de Serrambi

iG São Paulo |

Divulgação
Amigos dos irmãos Valfrido e Marcelo realizaram uma manifestação de apoio aos dois em frente ao fórum no 1º dia de julgamento
Após cinco dias de julgamento, o Tribunal de Justiça de Pernambunco deve anunciar até o fim desta sexta-feira a sentença dos irmãos Valfrido e Marcelo Lira, acusados de matarem, após uma tentativa de estupro, Tarsila Gusmão e Maria Eduarda Dourado, de 16 anos, no dia 3 de maio de 2003.

O duplo homicídio ficou conhecido como Caso Serrambi, já que aconteceu na praia de Serrambi, em Ipojuca (PE), onde elas foram passar o final de semana na casa de um amigo na companhia de outros adolescentes.

Segundo a polícia, após um passeio de lancha, as meninas foram andar sozinhas pela praia e se perderam do grupo. As duas ficaram em uma rodovia aguardando por um ônibus que as levasse de volta à casa onde estavam hospedadas, quando foram vistas pela última vez entrando em uma Kombi.

O julgamento começou na segunda-feira e é conduzido pela juíza Andréa Calado. Foram ouvidas 16 pessoas, incluindo as testemunhas de defesa e de acusação e quatro peritos de Instituto de Criminalística (IC). O depoimento de apenas uma das peritas, Vanja Coelho, durou mais de quatro horas. 

Na quinta-feira, os réus prestaram um rápido depoimento. Marcelo Lira falou por menos de uma hora e o irmão Valfrido, por cerca de 30 minutos. Segundo o TJ, com respostas curtas, os dois negaram o crime. A última fase do julgamento acontece nesta sexta-feira, com o debate entre acusação e defesa.

A acusação encerrou a apresentação pouco antes das 14h. Segundo o TJ, após pausa para o almoço, o advogado dos réus iniciou a arguição e também terá 3h para tentar convencer os jurados da inocência de seus clientes. Os dois terão direito a réplica e tréplica de até duas horas, visto que são dois acusados.

Ao final do debate, que pode se estender até a noite, jurados se reunirão em uma sala secreta para decidir o destino dos irmãos. A decisão será tomada por maioria simples e a votação tem caráter sigiloso. Caso escolham pela condenação, a juíza determinará o tempo da pena.

    Leia tudo sobre: julgamentocaso serrmabiirmãos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG