Julgamento no STF sobre Raposa será retomado à tarde

O julgamento sobre a demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Rondônia, no Supremo Tribunal Federal (STF) será retomado em sessão extraordinária, hoje, a partir das 14 horas. Depois de seis horas de leitura de seu voto, ontem, o ministro Marco Aurélio Mello concluiu pela nulidade do decreto de demarcação.

Agência Estado |

O ministro Celso de Mello, o penúltimo a apresentar seu voto, declarou ainda ontem a legalidade da demarcação, acompanhando outros oito ministros, que votaram em sessões anteriores no ano passado. O último voto será do presidente do tribunal, ministro Gilmar Mendes, na sessão de hoje à tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG