Juíza manda exonerar 14 parentes de vereadores em MG

A juíza da Vara de Fazenda Pública e Autarquias de Minas Gerais, Simone Lemos Botoni, determinou a exoneração de 14 funcionários da Câmara de Sete Lagoas, na região central do Estado. Todos os funcionários afastados são parentes de nove dos 13 vereadores.

Agência Estado |

Simone acatou uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado (MPE), que acusou os vereadores de praticar nepotismo.

A sentença é do dia 30 e os atos de demissão dos servidores públicos listados foram publicados ontem no Diário Oficial do Município (DOM). De acordo com o MPE, os familiares dos parlamentares custavam, anualmente, aos cofres públicos R$ 601,9 mil em salários. Nenhum representante da Câmara Municipal foi localizado hoje.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG