Juíza do Rio bloqueia bens e dinheiro do casal Garotinho

A juíza da 4ª Vara de Fazenda Pública no Rio concedeu na noite de hoje liminar requerida pelo Ministério Público Estadual (MPE), decretando o bloqueio de todos os valores disponíveis em instituições financeiras e o arresto de todos os bens pertencentes aos ex-governadores Rosinha e Anthony Garotinho (PMDB) e aos outros 32 réus denunciados por improbidade administrativa em ação civil pública interposta pelos promotores de Tutela Coletiva e Cidadania. Segundo o MPE, a pré-campanha de Anthony Garotinho a presidente teria se beneficiado de um esquema que desviou pelo menos R$ 61 milhões da Secretaria Estadual de Saúde em 2005 e 2006, durante a gestão de Rosinha Garotinho.

Agência Estado |

Os secretários de Saúde, Gílson Cantarino, e de Trabalho e Renda na época, Marco Antônio Lucidi, foram presos ontem pela Operação Pecado Capital, que desbaratou a suposta quadrilha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG