Processo de contratação da Cesgranrio iria aplicar provas para as mais de 6.500 vagas para diversos setores

Uma liminar proferida pelo juiz federal substituto Paulo Ricardo de Souza Cruz, da 5ª Vara da Justiça Federal de Brasília, suspendeu a contratação da empresa responsável pelo concurso nacional dos Correios, informou a empresa estatal em nota. De acordo com os Correios, foi sustado o processo de contratação da Cesgranrio, que iria aplicar as provas para as mais de 6.500 vagas para diversos setores.  

Uma das justificativas para suspender a realização das provas do concurso é a necessidade de aperfeiçoamento no sistema de segurança. O objetivo é evitar duplicidade de inscrições e vazamento de dados.

A notificação chegou à estatal no fim da tarde desta segunda-feira, segundo a assessoria do órgão, que divulgou uma nota sobre a suspensão. Os Correios, segundo a nota, "já estão tomando todas as providências cabíveis com o objetivo de garantir a continuidade do processo".

O concurso teve o edital publicado em dezembro de 2009. As vagas envolvem candidatos de níveis médio e superior em diversas áreas.

Segundo a assessoria, a empresa vai recorrer da decisão e tentar derrubar a liminar. Além disso, informa que a previsão de cronograma inicial está mantida e a prova ainda está marcada para ocorrer no dia 28 de novembro.

*com informações da Agência Estado e Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.