Juiz retira da mãe de Michael Jackson a administração temporária de seus bens

Um juiz da Corte Superior de Los Angeles retirou nesta segunda-feira da mãe de Michael Jackson a administração temporária de seus bens, que foi concedida aos dois representantes designados pelo cantor em seu testamento de 2002.

AFP |

Um juiz havia designado Katherine Jackson, 79 anos, como administradora temporária dos bens do filho em 29 de junho depois que os advogados do clã Jackson alegaram que não tinham ciência da existência de um testamento válido.

Contudo, dois dias depois, um testamento foi apresentado por dois representantes legais de Jackson - o advogado John Branca e o produtor musical John McClain - designados co-testamenteiros do pop star.

O juiz Mitchell Beckloff assinalou que Branca e McClain ficarão encarregados dos bens do rei do pop como previsto no testamento redigido há sete anos.

Branca e McClain serão os administradores do milinário patriomônio até 3 de agosto, quando será conduzida outra audiência para rever o caso.

Os advogados da mãe do astro alegam que existe um conflito de interesses.

"A sra. Jackson está preocupada que sejam entregues as chaves do reino neste momento, que ela sente que é muito cedo", indicou o dr. John Schreiber, que representa a mãe do artista.

Schreiber questionou, inclusive, se Branca ainda mantinha uma relação com Jackson no momento de sua morte. Branca trabalhou para Jackson entre 1980 e 2006, e havia sido novamente admitido por ele uma semana antes de morrer, segundo seu advogado, Paul Hoffman.

"Estas pessoas não são desconhecidas para a senhora Jackson. Ela sabe muito bem quem são essas pessoas", afirmou Hoffman.

O testamento de Jackson datado de 7 de julho de 2002 deixa os bens do cantor para o Fundo da Família Michael Jackson ("Michael Jackson Family Trust").

O testamento não precisa a composição nem os membros do fundo, mas a imprensa destacou que 40% ficariam para a mãe, 40% para os filhos e 20% para obras de caridade.

Documentos adicionais anexados ao testamento calculam a fortuna de Jackson em mais de 500 milhões de dólares, apesar das informações publicadas antes da morte de que o cantor estava muito endividado.

O documento não faz nenhuma menção ao pai do ídolo pop, Joe Jackson, com quem Michal sempre teve uma relação difícil.

O testamento também confirma que não deixou nada para a ex-esposa Debbie Rowe, mãe biológica dos filhos mais velhos do cantor "Thriller", Prince Michael, de 12 anos, e Paris, de 11.

Enquanto a justiça decide a disputa judicial dos bens e filhos do artista, a prefeitura de Los Angeles informou que Michael Jackson será enterrado nesta terça-feira, no antigo cemitério Forest Lawn, nas clinas de Hollywood, às 08H00 local (12H00 de Brasília).

O enterro acontecerá, assim, duas horas antes da homenagem pública que será celebrada no Staples Center de Los Angeles, informou ao canal local NBC4 Jan Perry, prefeito interino de Antonio Villaraigosa.

O enterro será um evento particular da família, indicaram fontes ligadas ao clã Jackson.

Apesar de não informados detalhes da homenagem no Staples Center, a mídia local afirma que artistas como Aretha Franklin, Stevie Wonder, Jennifer Hudson, Alicia Keys, Mariah Carey, Justin Timberlake, Lionel Richie e Diana Ross assistirão a este evento para recordar o legado artisto do astro pop.

Segundo a mídia local, como o TMZ.com e o Acces Hollywood, Jackson será enterrado em um caixão banhado a ouro de 14 quilates avaliado em 25.000 dólares e feito pela mesma empresa que fabricou a urna de James Brown em 2006, batizada de The Promethean.

Além disso, o ídolo pop será enterrado com um traje criado pelos estilistas Dennis Tompkins e Michael Bush, artífices de seus modelos nos últimos 20 anos.

Por outro lado, as entradas sorteadas no domingo para se poder assistir à homenagem pública a Michael Jackson nesta terça-feira começaram a ser vendidas na internet por até mil dólares, apesar de os organizadores terem tomado medidas para evitar sua comercialização.

Mais de 1,5 milhão de pessoas se inscreveram na internet para o sorteio das 17.500 entradas e, no domingo, os vencedores foram notificados. Cada um deles recebeu duas entradas para a homenagem no estádio Staples Center.

Mas já na noite de domingo começaram a aparecer dezenas de ofertas na internet pelos ingressos.

Na manhã desta segunda, o site de leilão on-line eBay.com tinha em oferta mais de 80 lugares disponíveis, com preços variando de 100 a 1.000 dólares.

No site craigslist.com as entradas também estavam sendo vendidas.

"Tenho tíquetes para o evento de Jackson, mas não posso pagar a passagem de avião. Se alguém pagar minha viagem e me pegar no aeroporto e me der alguns dinheiro para gastar, pode ficar com as entradas", ofereceu uma pessoa no craigslist.com.

du/cn

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG