O juiz auxiliar da propaganda da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Claudio Luiz Bueno de Godoy, multou o ex-vereador Vicente Viscome em R$ 21.282,00 por propaganda antecipada.

Viscome teria distribuído um caderno de receitas culinárias com a estampa de sua fotografia e ainda trazendo dizeres como "Justiça seja feita em 2008" e "Esse é trabalhador". A representação foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral.

O juiz se amparou em ações julgadas que caracterizam como propaganda antecipada as referências a qualidades pessoais que sirvam a influenciar a vontade do eleitor e angariar votos, mesmo que não haja indicações diretas a cargo ou mandato. A propaganda eleitoral só será permitida a partir do próximo dia 6 de julho. Cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE/SP).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.