Juiz determina devolução de lixo à Inglaterra até terça

As toneladas de lixo desembarcadas ilegalmente no Porto de Santos (SP) nas últimas semanas devem ser devolvidas à Inglaterra até terça-feira. A decisão é do juiz da 6.

Agência Estado |

ª Vara da Justiça Federal em Santos, Antonio André Muniz Mascarenhas de Souza, que acatou pedido da empresa Mediterranean Shipping do Brasil Ltda., responsável pelo transporte do lixo, solicitando prazo de quatro dias para a realização da tarefa. Ontem a Justiça havia determinado que os 41 contêineres que estão no Estado fossem remetidos à Inglaterra até as 24 horas de hoje.

A devolução do lixo foi requerida pela Polícia Federal (PF). De acordo com análise do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a cada dia piora o estado do material, aumentando o risco de contaminação do meio ambiente. Segundo laudos técnicos do instituto, o lixo traz consigo larvas e microrganismos tóxicos.

O lixo enviado da Inglaterra para o Brasil foi descoberto em junho pelo Ibama e pela PF. Ao todo, foram depositados nos portos brasileiros de Santos (SP) e Rio Grande (RS) 89 contêineres embarcados nos portos ingleses de Tilbury e Felixstone. Segundo o Ibama, a Alphatec, importadora, e a Stefenon Estratégia e Marketing, da área de apoio ao comércio exterior, foram multadas em R$ 408,8 mil cada, no Rio Grande do Sul.

Os contêineres desembarcados no Rio Grande do Sul começaram a ser devolvidos nesta semana. Uma das transportadoras marítimas fez o embarque de dez ontem. A companhia que transportará os outros 30 ainda não informou ao Ibama a data da remoção.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG