Juiz desconhece ordem de presos para invadir favela

O juiz-corregedor federal dos presídios do Paraná, Sérgio Fernando Moro, responsável pelo controle do presídio de segurança máxima de Catanduvas, onde estão 26 traficantes do Rio, disse hoje desconhecer qualquer informação de que a ordem para a invasão do Morro dos Macacos, no Rio, partiu de um dos presos daquele presídio. Até o momento nenhuma autoridade fluminense me passou qualquer informação para que eu mande apurar.

Agência Estado |

Não digo que não seja possível, os presos recebem visitas íntimas e de advogados, mas eu não fui informado de nada", explicou.

No Rio, o governador Sérgio Cabral também desmentiu a informação. "Eu conversei com o Mariano (secretário de segurança José Mariano Beltrame) pela manhã e isso não está confirmado, nem isso nem o tipo de arma que atingiu o helicóptero. Eu deixo a ele essa responsabilidade de esclarecer isso. Mas fique certo de que, é evidente, essa e outras políticas que nós tomamos, para o afastamento desses líderes do tráfico, também causaram muitos problemas. E certamente lá eles têm muito mais dificuldade de se comunicar e dar ordens", concluiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG