Juiz autoriza transferência de mais seis presos do Rio ao PR

Com esses, serão 26 os transferidos desde a semana passada

AE |

selo

Sob alegação de que há necessidade de "postura mais enérgica" por parte das autoridades, em razão dos atentados e atos de vandalismo verificados no Rio de Janeiro nos últimos dias, o juiz corregedor da Penitenciária Federal de Catanduvas (PR), Nivaldo Brunoni, autorizou a transferência de mais seis presos, atendendo pedido das autoridades cariocas. Com esses, serão 26 os transferidos desde a semana passada. Nesse período, outros 13 foram levados de Catanduvas para a Penitenciária Federal de Porto Velho.

A data da transferência, que será feita pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com apoio das polícias Federal e Rodoviária Federal, não foi revelada, por questão de segurança. Mas, em razão da periculosidade de todos eles, Brunoni falou sobre a necessidade de urgência. Com a transferência dos novos presos, a penitenciária no Paraná deverá ficar com 165 presos, quando a capacidade é para 208. Os que chegam ficam em Regime Disciplinar Diferenciado.

Serão transferidos Emerson Ventapane da Silva, o Mão, Emerson Siqueira Rosa, o Neguinho, Marcos Vinícius da Silva, o Lambar, Ricardo Severo, o Faustão, Tássio Fernando Faustino, o Branquinho, e Elizeu Felício de Souza, o Zeu, condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, em 2002. Ele foi preso no último domingo nas operações policiais no Conjunto de Favelas do Alemão.

    Leia tudo sobre: juizpresos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG