Juiz aprova venda de objetos com imagem de Jackson

Um juiz de Los Angeles aprovou nesta segunda-feira um acordo para a venda de objetos com a imagem de Michael Jackson, cujo valor será revertido ao fundo deixado pelo rei do pop.

AFP |

O juiz da corte superior de Los Angeles Mitchell Beckloff deu sua aprovação a um acordo para a venda de roupas e outros produtos com a imagem do cantor visando ao Fundo Michael Jackson, uma figura jurídica prevista no testamento de 2002.

O acordo havia sido firmado pela empresa Bravado e os administradores do espólio de Jackson, o advogado John Branca e o produtor musical John McClain.

O projeto Bravado prevê, especialmente, a venda de roupas com a efígie de Jackson, e tem a aprovação de Katherine Jackson, a mãe do cantor, e do advogado encarregado de representar os interesses dos três filhos do rei do pop.

pb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG