Jucá: senadores são livres para questionar Dilma

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse que a posição da base aliada na reunião da Comissão de Infra-Estrutura destinada a ouvir a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, é de que ela apresente os dados relativos ao Programa de Aceleração de Crescimento (PAC). Ele afirmou que os senadores têm liberdade de perguntar o que quiserem, mas avalia que a discussão deve ser focalizada no objetivo, que é o PAC.

Agência Estado |

Jucá deu uma "alfinetada" no líder do DEM, senador José Agripino (RN) que, na sua fala, disse que o suposto dossiê no qual estariam relacionados dados de gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é "a volta regime de exceção" e que destacou ter rompido com o partido que apoiava o regime militar para apoiar a candidatura Tancredo/Sarney. "Cada senador vai perguntar o que acha que deve", disse Jucá. "Se o senador Agripino vai perguntar como quem foi governo no regime militar, a ministra Dilma vai responder como quem enfrentou o regime."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG